quinta-feira, 19 de setembro de 2013

As dunas de Tottori!


Para quem sente saudades das dunas do Brasil, uma sugestão é visitar Tottori, com suas montanhas de areia espalhadas por 30 quilometros quadrados, as maiores da terra dos samurais! Elas existem há milhares de anos e recebem cerca de dois milhões de visitantes anualmente.



Lá, é possível fazer passeios a cavalo ou camelo, além de praticar esportes como o paragliding e o ‘surfe de areia’. A areia adquire diferentes colorações de acordo com o horário e a época do ano. Diferente da maioria das praias do Japão, em Tottori a areia é branca e fina. As dunas de Tottori foram consideradas monumento natural do país em 1955, são uma das mais exóticas vistas do Japão e um dos mais populares pontos turísticos.
Um detalhe interessante é que, nas dunas, surgem formas de vida, como as plantas hamahirugao e hamanigana. Elas conseguem sobreviver porque debaixo das areias secas e quentes, que atingem 60 °C, há outra camada de areia úmida. Algumas plantas desaparecem da superfície no verão, esperando a chegada de época mais amena no subsolo. Mas o inverno não é menos rigoroso: como a região está voltada para o oeste, recebe os ventos vindos do continente e chega a acumular até um metro de neve.
A associação de turismo da província estimula as pessoas a colocarem o pé na areia – mas não se preocupe, há espaços onde os turistas podem lavar os pés antes de calçar os sapatos. As areias são acessíveis também para quem tem dificuldade de mobilidade, já que são disponibilizadas cadeiras de rodas adaptadas para areia. A província pensa ainda em construir uma passarela para melhorar a acessibilidade.



Takaya16